PARADA CARDÍACA

Máquinas azuis, portas pneumáticas, cadeiras amarelas: deficientes, gestantes, obesos, idosos. Sinal vermelho. Olhares que não se cruzam por pura timidez. Histórias que só existem ali enquanto não chega a próxima parada. Diálogos fragmentados, recortados por um freio ou buzina. Observar tudo isso diariamente quase me faz sentir um diretor de cinema.

Advertisements

1 thought on “PARADA CARDÍACA

  1. tenho a mesma sensação, alguns me chamam de louca, mas cada imaginação que tenho, cada coisa que vejo, imagino posicionamento de câmeras, fotografia, cores, tudo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s